Seja em um palco com plateia, num canal de YouTube ou dentro de uma piscina entrevistando pessoas, Fernanda Paes Leme não parou de trabalhar um segundo durante a gravidez.

A apresentadora, que se prepara para receber a primeira filha, Pilar, em abril, viveu uma gestação agitada e cheia de projetos. Ela passou praticamente os nove meses em frente às câmeras, contrariando a crença de que a gestação pressupõe uma redução no rimo de trabalho.

Em abril, Fernanda estreia na GNT o programa Quem Não Pode Se Sacode, um spin-off do podcast que comanda com Giovanna Ewbank, o Quem Pode, Pod. Os episódios foram gravados na reta final da gestação.

Foto: Reprodução

A atriz e apresentadora está certa do potencial criativo que deslanchou durante a gestação. “Me senti muito confiante, como mulher, de poder mostrar que a gente pode, sim, trabalhar grávida, mãe, e fazer a diferença na nossa profissão, seja num hospital, num escritório, na cozinha ou num programa de TV. A gente faz a economia girar”, diz.

“Sou muito grata ao canal por ter confiado em mim e me contratado para fazer dois programas grávida. A gente sabe quanto risco a gente correu, mas é um privilégio comandar ao lado da Gio esse programa tão grandioso e com uma gravidez já tão avançada. A gente fez história”, continua.

No primeiro trimestre da gravidez, Fernanda gravou com Giovanna Ewbank os episódios do Quem Pode, Pod. Entre o quarto e o sexto mês, ela apresentou o Na Piscina, também do GNT. “É muito especial ter minha gravidez inteira registrada. Vou mostrar para a minha filha o quanto ela se sacudiu!”, brinca.

A relação de amizade entre Fernanda e Giovanna também foi estreitada durante as gravações. Giovanna não conseguiu segurar as lágrimas ao falar dos momentos especiais compartilhados com a amiga nos bastidores.

“Eu tinha muita preocupação com a FePa [apelido de Fernanda]. Ela não tinha preocupação com ela mesma, mas eu tinha”, entregou a colega. “Foi tão especial ter passado esse final de gravidez junto com ela, porque a gente trocou tanto sobre o desejo dela de ficar grávida, de ser mãe, a dificuldade. Estar com ela nessa reta final foi muito especial.”

“A Fernanda é agitadíssima, a gente acabava o programa e eu queria deitar no chão do estúdio, e ela assim: ‘Vamo lá, vamo gravar!'”, conta Giovanna, que obrigava a amiga a fazer pausas para comer.

SEM SALTINHO

Fernanda ainda falou dos desafios de adaptar os looks glamourosos que um programa com plateia pede a um barrigão de quase nove meses. “A produção era mais grandiosa e elaborada que a do Na Piscina. Era figurino, make, cabelo, tinha plateia, eram mais convidados, eu tinha que ficar muito tempo em pé. Eu queria tanto usar um saltinho!”, confessa.

“Mas tive que me descobrir nesse novo corpo”, afirma. “A gente associa muito essa coisa de estar num salto para se sentir mais poderosa e confiante. Foi interessante ter que fazer essas novas descobertas.”

“Ter plateia configura que a gente se deu bem. Chegamos a outro nível como apresentadoras”, comemorou a quase-mamãe.

O Quem Não Pode Se Sacode estreia no dia 23 de abril e será exibido às terças e quintas, às 22h45, no GNT. Entre os convidados estão Drica Moraes, Preta Gil, Chay Suede, Heloísa Perissé, Diego Martins, Luis Miranda, João Vicente de Castro, Lore Improta, Mariana Gross, Juliette e Pocah.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

‘A gente fez história’, diz Fernanda Paes Leme sobre gravar três programas durante a gravidez

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.