A Delegacia de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, abriu inquérito para investigar as causas do engavetamento que deixou 5 mortos e 11 feridos na Serra de São Luiz do Purunã. Ao todo, o acidente envolveu mais de 30 veículos e se estendeu por cerca de 600 metros no quilômetro 136 da BR-277. Três vítimas seguiam internadas nesta segunda-feira (4).

Reprodução PRF

Dentre as vítimas feridas, cinco foram encaminhadas ao Hospital do Trabalhador (HT) e cinco ao Evangélico Mackenzie. No HT, quatro pessoas já receberam alta. A quinta vítima segue internada, mas de forma estável. No Evangélico, três pessoas receberam alta no domingo e duas seguem internadas, um homem e uma mulher.

No sábado (2), data da batida, papiloscopistas da Polícia Civil foram chamados para fazer a identificação dos corpos. Todas as vítimas foram identificadas a partir da coleta e confronto de digitais.

As cinco vítimas fatais foram identificadas como Michael Almeida de Araujo Penteado e Elton Jose Tallevi, ambos de 36 anos; o casal Jane Valeria Silva, de 48 anos, e Márcio Vieira, de 53; e Ana Carla Pistuni Solanho, de 52 anos.

O acidente

O grave acidente aconteceu por volta das 14h30 de sábado (2), na BR-277. Chovia no momento do acidente e havia a formação de neblina e o congestionamento, em seu pico, chegou a cerca de 15 quilômetros.

Inicialmente, segundo levantamento da Polícia Rodoviária Federal (PRF), houve uma colisão traseira entre um automóvel e um caminhão, dando sequência a várias outras colisões, devido a falta de visibilidade provocada pelas condições climáticas no momento do acidente. Dois caminhões se incendiaram com as colisões.

Nove veículos acidentados foram recolhidos pela PRF ao pátio conveniado e os demais foram entregues aos condutores ou responsáveis no local.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Polícia abre inquérito para investigar engavetamento que deixou 5 mortos na BR-277; três seguem internados

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.