Um pedestre, de 23 anos, foi atropelado por uma BMW no bairro Batel, em Curitiba, na noite desta quinta-feira (28). De acordo com o apurado pela Banda B, quem dirigia o veículo era o manobrista do “vallet” de uma balada. Ele havia pegado o carro de um cliente para estacionar.

Cliente deixa BMW em ‘vallet’ de balada e manobrista atropela pedestre no Batel
Foto: Equipe Banda B

O caso aconteceu na esquina das ruas Coronel Dulcídio e Gutemberg. Eliandro Gonçalves da Silva trabalha como manobrista em outro estabelecimento e viu o momento do acidente.

“Foi na minha frente o acidente. Eu estava fechando o caixa, aí o menino que acabou sendo a vítima estava atravessando a rua e, quando viu, o carro já estava em cima. O rapaz que estava dirigindo o carro, quando viu que o pedestre estava na frente, acabou se assustando e acelerou para cima do menino”, disse.

Silva pensou que o rapaz atropelado havia morrido, em razão do impacto.

“Eu só vi o coitado do menino voando com as pernas para cima e caiu com a cabeça no meio-fio […] Quando eu cheguei para ver, ele estava desacordado. Eu pensei que podia ter acontecido o pior na hora, pelo tamanho da batida”, contou.

Apesar do susto, de acordo com o sargento Carvalho do Corpo de Bombeiros, a vítima foi encaminhada ao Hospital Evangélico Mackenzie sem risco de morte.

“O rapaz com 23 anos está consciente, orientado, e será encaminhado ao Evangélico. Ele tem um corte na cabeça, mas fora de perigo”, afirmou.

O manobrista não se feriu.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Cliente deixa BMW em ‘vallet’ de balada e manobrista atropela pedestre no Batel

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.