Por Marina Sequinel e Juliano Cunha

Uma das vítimas do dono de asilo acusado de estupro usava cadeira de rodas e se feriu nas pernas e nos braços ao reagir à violência. A informação é do delegado Marcelo Magalhães, coordenador da ação que resultou na prisão de Juvenal José de Freitas, de 52 anos. A casa fica no Jardim Weissópolis, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

dono-de-asilo-300114-bandab(Foto: Juliano Cunha – Banda B)

Segundo o delegado, o criminoso teria abusado de pelo menos duas idosas que viviam na casa, ambas com mais de 70 anos de idade. “A investigação começou após denúncias feita por funcionárias do local. O crime contra essas mulheres foi comprovada por depoimentos das próprias vítimas e testemunhas, além dos exames de corpo de delito”, explicou Magalhães à Banda B.

A segunda vítima relatou com detalhes o abuso, afirmando que Juvenal teria praticado inclusive sexo anal. Ela usava cadeira de rodas e teria reagido à violência, sem sucesso. A esposa dele foi indiciada por omissão. “A reação dela perante a prisão do marido foi estranha. Ela agia como se já soubesse de tudo, mas negou que ele realizava esses horrores”, completou o delegado.

De acordo com a Polícia Civil, o acusado é dono do asilo há anos e há suspeitas de que ele tenha abusado de outras idosas, que não tiveram coragem de denunciá-lo e que já teriam morrido.