Na manhã desta quarta-feira (15), a Polícia Civil do Paraná (PCPR) deflagrou a Operação “Bateias”, que visou cumprir mandados de busca e apreensão domiciliar e prisão contra Reginaldo Sabrino Travensoli, vulgo “Motorista”, de 37 anos. Ele é suspeito de tentativa de homicídio ocorrido no dia 29 de março de 2018, em Santa Felicidade.  A motivação seria uma queima de arquivo, porque a vítima teria sido testemunha de um assassinato.

(Foto: Polícia Civil)

 

A vítima, um homem de 25 anos, estaria com a motocicleta estacionada à margem da Rua Manoel Ribas, sentido Campo Magro, quando os dois motociclistas se aproximaram efetuando disparos que lhe atingiram. O homem foi encontrado gravemente ferido. Após ser atendido e levado para o hospital Cajuru, ele passou por várias cirurgias e sobreviveu aos disparos de arma de fogo.

Segundo a investigação da PCPR, uma testemunha, que trabalha próximo ao local do crime, contou ter ouvido pelo menos seis tiros e, por meio das imagens das câmeras, viu as motocicletas fugirem do local. As câmeras do local só fazem imagens ao vivo, não gravando a situação. Um outro funcionário desse estabelecimento também confirmou ter visto a segunda motocicleta saindo do local.

Uma adolescente é investigada como coautora do crime, exercendo papel fundamental na emboscada. O suspeito, que foi autuado por tentativa de homicídio duplamente qualificada pela emboscada e impossibilidade de defesa da vítima, segue preso e está à disposição da Justiça.