O Carnaval no Largo da Ordem terminou em confusão, por volta das 6h da manhã deste domingo (23), na região central de Curitiba. Algumas pessoas entraram em confronto com a Guarda Municipal (GM), deixando um cenário de destruição no local, com várias barracas de feira vandalizadas, uma grande quantidade de lixo e de garrafas de vidro quebradas espalhadas pelo chão.

Segundo um comerciante, a GM foi recebida no local com garrafadas e reagiu com tiros de bala de borracha para o alto. “Foi muito feia a situação aqui. Cheguei para trabalhar e vi a praça lotada, muita bebida, sujeira, usuários de droga e de repente a guarda veio para dispersar. Aí começaram a jogar garrafas nos agentes, que também foram xingados e revidaram com tiros de bala de borracha para o alto”, relatou ele, que atua na tradicional feira na região há 40 anos e nunca tinha visto algo parecido.

“Trabalho aqui há 40 anos e nunca vi isso aqui em Curitiba. Está terrível e está cada vez pior. A maioria das barracas foram quebradas durante a noite, a minha ficou cheia de cacos de vidro”, reclamou o feirante.

Outra comerciante da região, também se diz surpresa com o que chamou de “barbárie” e revelou que foram necessários vários caminhões para recolher todo o lixo jogado no local. “Faz 40 anos também que trabalho aqui e nunca vi tanta barbárie. Foi necessário três caminhões de lixo para recolher tudo que foi jogado aqui”, contou ela.

De acordo com a Prefeitura de Curitiba, a GM acionou quatro equipes, com 19 agentes ao todo, para atender à ocorrência. Um policial teria ficado ferido na mão por estilhaços de vidro.

Em relação à limpeza da área, a administração municipal explica que no Carnaval, é feita uma organização especial para varrição, lavagem e recolhimento do lixo no Largo da Ordem. Porém, nesta manhã, justamente devido à ocorrência acima, a finalização do trabalho demorou mais tempo.

Imagens estariam sendo analisadas pela Guarda e seriam encaminhadas à Polícia Civil, para abertura de inquérito.

Leia a nota na íntegra:

A Guarda Municipal acionou quatro equipes, com 19 agentes ao todo, para atender à ocorrência no Largo da Ordem, por volta das 6h da manhã deste domingo (23/2). Um policial ficou ferido na mão por estilhaços de vidro.

As imagens serão analisadas pela Guarda e encaminhadas à Polícia Civil, para abertura de inquérito.

Em relação à limpeza da área, o Largo da Ordem tem uma programação de limpeza ao longo das 24h do dia em situações normais. No Carnaval, é feita uma organização especial para varrição, lavagem e recolhimento do lixo. Nesta manhã, justamente devido à ocorrência acima, a finalização do trabalho demorou mais tempo, pois o perímetro em torno da fonte foi bloqueado.

Por volta das 7h, com a liberação da área, houve reforço na limpeza, que contou ao todo com 25 pessoas.

Ao término da feirinha, novamente foi retomada a limpeza.