Uma loja de celular foi invadida por um assaltante violento na tarde desta quinta-feira (1), no bairro São Lourenço, em Curitiba. O suspeito chegou a atirar duas vezes, mas a arma falhou. Policiais da Rone notaram a correria e o aceno das vítimas e conseguiram entrar na loja e render o suspeito. Além dele, uma adolescente foi apreendida.

 

Jovem apontou arma para um dos funcionários da loja

O assalto aconteceu por volta das 16h40, na avenida Anita Garibaldi. O dono da loja contou que mantém o estabelecimento de portas fechadas para evitar novos assalto, mas que o casal estava acima de qualquer suspeita.

“Ele estava com uma garota, apertou a campainha. Assim que entrou, rendeu a gente. Ele deu vários disparos, estava totalmente alucinado, estava fora de si. Chegou a brigar com ele no espelho, achou que era uma outra pessoa armada e começou a efetuar disparos, por sorte, falharam. Sei lá, chicoteou, rodou tambor, mas não saiu projétil”, descreveu. “A hora que eu consegui escapar, eu dei de cara com a viatura da Rone. Já acenei e no mesmo instante entraram e conseguiram pegá-los”, completou o dono da loja.

Segundo o dono da loja, é a sétima vez que o local sofre assaltos.

O tenente Kendi da Rone disse que a equipe agiu rápido ao ver pessoas saindo correndo da loja. “A equipe estava fazendo patrulhamento, quando percebeu uma movimentação diferente em um comércio, pessoas saindo correndo e gritando. Vimos o dono da loja, localizamos o indivíduo que correu para trás da loja, pulou vários muros, mas prendemos”, finalizou à Banda B.

Uma adolescente, namorada do suspeito, foi apreendida e levada para a delegacia especializada. As imagens de segurança apontam que o casal esteve na loja um dia antes para analisar o local.

Vídeo

Assista ao vídeo registrado pelas câmeras de segurança da loja de celulares: