(Fotos: Colaboração/Banda B)

 

A Unidade de Saúde Barigui, localizada na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), foi alvo de vândalos e ladrões durante o feriado de Carnaval, período em que ficou fechada. De acordo com o Conselho da Unidade, os servidores descobriram o que tinha acontecido ao voltarem para trabalhar no começo da tarde desta quarta-feira (6).

“Eu estava em casa e me ligaram, dizendo que a unidade estava toda quebrada, destruída. Os bandidos vandalizaram a sala de vacinas, dos médicos, da triagem e levaram de tudo um pouco”, relatou Neide Aparecida de Souza, integrante do Conselho, em entrevista à Banda B.

Segundo ela, tudo indica que os ladrões entraram pela janela do prédio. “Eles quebraram o vidro e invadiram a unidade. Eles furtaram panela, ventilador, computador, botijão de gás e até equipamento de médicos e do dentista… Nós sabemos que a população está brava, mas não temos condições de abrir a unidade hoje. Como os funcionários vão trabalhar?”, questionou ela.

Um Boletim de Ocorrência (B.O.) foi registrado para que o caso seja investigado pela Polícia Civil. Sobre a situação, a reportagem entrou em contato com a prefeitura de Curitiba, que enviou a seguinte nota:

A unidade de saúde Barigui foi arrombada durante este feriado de Carnaval. Os ladrões levaram esquadrias de alumínio de 6 janelas, 1 persiana, 3 ventiladores, 2 aquecedores, 2 termômetros, 1 lâmpada ginecológica, 1 escada, 1 balança infantil e 1 torneira de tanque.

A Guarda Municipal e a Veper, empresa que faz o monitoramento das unidades de saúde de Curitiba, foram acionadas, intensificando as rondas na região. Os equipamentos serão repostos pela Veper, num prazo máximo de 30 dias, conforme previsto em contrato. Parte dos equipamentos, inclusive, como as janelas, serão repostos em regime de urgência, antes deste prazo.

A unidade de saúde Barigui está atendendo normalmente a população.