Por Felipe Ribeiro e Danaê Bubalo

Um dia após protesto que pedia a construção de uma trincheira no Jardim Guarani, em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba, um jovem morreu na madrugada deste domingo (9) após ser ejetado por um veículo Astra no mesmo trecho da reivindicação. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), três jovens seguiam no sentido Curitiba quando bateram na lateral de um caminhão, capotando na sequência.

protesto277Protesto mobilizou várias pessoas no sábado (Foto: Djalma Malaquias – Banda B)

Como a vítima estava no banco de trás sem cinto, acabou ejetada para fora do veículo, vindo a morrer na hora.

O motorista foi encaminhado ao Hospital Evangélico e o outro passageiro sofreu apenas ferimentos leves.

No sábado, moradores de Campo Largo fizeram uma manifestação pacífica na no KM-104 da BR-277, no Jardim Guarani. Eles pedem a construção de uma trincheira em um trecho em que, só no mês de julho, quatro pessoas morreram em acidentes de trânsito que, para os moradores, poderiam ter sido evitados.

Com a presença da Morte, em pessoa, e de atores fingindo que eram vítimas do trecho, os dois sentidos da rodovia tiveram parte da pista interditada.

Notícias Relacionadas:

Com a presença da ‘Morte’ e de ‘mortos-vivos’, manifestantes pedem por trincheira na BR-277

Moradores de Campo Largo pedem trincheira na BR-277 em audiência pública e prometem novo protesto

Moradores de Campo Largo fazem manifestação por solução para ‘KM da Morte’

Dois morrem em acidente no mesmo local da BR-277 em que PM perdeu a vida um dia antes; fotos