Da PMPR

Três foragidos da Colônia Penal Agrícola foram recapturados por policiais militares da Companhia de Polícia Choque, pertencente ao Batalhão de Operações Especiais (BOPE), durante uma abordagem de rotina no bairro Atuba, em Curitiba (PR), capital do estado, nesta terça-feira (19/05). A rápida ação da equipe tirou de circulação homens que respondiam pelos crimes de sequestro, homicídio e formação de quadrilha. “Inclusive suspeitamos que tenham participado de explosões a caixas eletrônicos”, conta o Comandante do BOPE, tenente-coronel Hudson Leôncio Teixeira.

bope(Foto: Divulgação PMPR)

A equipe realizava patrulhamento de rotina pelo bairro Atuba, por volta das 16h45, quando ao passar pela rua Abel Scuissiato avistou uma caminhonete Amarok, com três pessoas em atitude suspeita. Segundo o soldado Oliveira, os policiais realizaram a abordagem e os suspeitos passaram nomes falsos para dificultar a identificação, além de o motorista estar com uma CNH falsa.

“Após consulta ao sistema, já na delegacia, foi verificado que os três homens, dois deles irmãos, eram foragidos da Colônia Penal Agrícola. Um deles, de 27 anos, tem passagem por sequestro, o segundo, de 33 anos, respondia pelo crime de homicídio, e o terceiro, de 28 anos, por porte ilegal de arma de fogo e formação de quadrilha”, conta o soldado Oliveira, que também ajudou na prisão.

“No telefone celular deles encontramos fotos de armas de fogo e mensagens relacionadas a outros crimes e aparelhos de rádio usados pela polícia. Incluse, em uma das conversas, os suspeitos falam sobre cédulas de dinheiro que estariam manchadas, por isso há a suspeita de que eles possam estar envolvidos em explosões de caixas eletrônicos. Porém, esta informação será investigada pela Polícia Civil a partir de agora”, explica o Comandante do BOPE, tenente-coronel Hudson Leôncio Teixeira.

De acordo com o tenente-coronel Hudson, a caminhonete, que também foi apreendida, possui indícios de estar adulterada, porém isto também será checado pela Polícia Civil. Devido às suspeitas de envolvimento em explosões de caixa eletrônicos o trio foi encaminhado, juntamente com dois aparelhos celulares e o veículo, ao Centro de Operações Policiais Especiais (COPE) para serem tomadas as providências cabíveis ao caso.

“A prisão de hoje só vem coroar todo o trabalho que o BOPE vem fazendo no sentindo de identificar e desmantelar diversas quadrilhas com envolvimento em grandes crimes como explosões de caixas eletrônicos. Esta ação não é isolada, pois continuaremos cada vez mais buscando estes criminosos que corroem a nossa sociedade”, afirma o tenente-coronel Hudson.