Suspeitos de pelo menos 12 roubos contra farmácias, sendo 11 de uma mesma rede, três homens foram presos durante a última semana em diferentes bairros de Curitiba. De acordo com informações divulgadas nesta segunda-feira (2) pela Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), eles integram uma quadrilha especializada de roubos contra este tipo de estabelecimento e um quarto suspeito já foi identificado.

Segundo o delegado Emmanoel David, os três possuem idades entre 19 e 23 anos e já estiveram presos pelo mesmo crime anteriormente. “Eles agiam sempre do mesmo modo, se revezando entre as funções de cada um. Enquanto um dava voz de assalto, outro fazia a segurança”, explicou o delegado.

Um deles foi preso em flagrante pela própria DFR no dia 14 de fevereiro, mas ganhou liberdade em audiência de custódia. Um segundo foi preso em flagrante no dia 26 de fevereiro, logo após roubar uma farmácia em Campo Largo, na região metropolitana.

David ressalta que todos os suspeitos foram identificados e reconhecidos pelas vítimas, as quais afirmaram que eles agiam de uma forma extremamente violenta, sempre apontando a arma de fogo para os funcionários das farmácias. “Nós concluímos as investigações com análises de imagens colhidas de câmeras de segurança dos locais dos roubos, além com o reconhecimento fotográfico por parte das vítimas. Com isso foi possível representar pela prisão de todos os suspeitos”.

Dois dos presos possuem antecedentes criminais por roubo e tráfico de drogas. Já o outro tem passagens por roubo e uso de substância entorpecente. Os suspeitos irão responder por pelo menos 12 roubos majorados, com uso de arma de fogo, e associação criminosa. Eles permanecem custodiados pela Polícia Civil, à disposição da Justiça.

Confira vídeo das ações no player abaixo: