Um trio, de 39, 37 e 24 anos, natural do Estado de São Paulo (SP), foi preso em flagrante, na manhã de quinta-feira (22), em uma agência bancária, localizada no Centro de Curitiba, no momento em que tentavam abrir uma conta corrente utilizando uma documentação falsa. A ação foi realizada pela equipe de investigação da Delegacia de Estelionato (DE).

Segundo informações policiais, o grupo viajava da cidade de São Paulo até a Capital paranaense somente com o intuito de abrir contas em diversos bancos da cidade, utilizando nomes distintos e documentação falsa, para solicitar empréstimos e não pagar.

No momento da prisão, apenas um dos suspeitos estava dentro da agência bancária tentando realizar o procedimento de abertura de conta, os demais estavam o aguardando do lado de fora do local, em frente.

De acordo com a delegada-adjunta da Delegacia de Estelionato, Vanessa Alice, a equipe chegou até o trio após ser acionada pelo Setor de Fraudes da agência bancária em questão. “Eles entraram em contato conosco, pois suspeitaram dos documentos apresentado pelo suspeito. Diante do fato, uma equipe se deslocou até o local para averiguar o fato e constatou a ação criminosa”, informa.

Durante a prisão, o grupo criminoso não esboçou nenhuma reação. Ao serem ouvidos na unidade, todos confessaram o crime e confirmaram que vinham até Curitiba apenas com o intuito de aplicar o golpe – já que em São Paulo estavam muito visados.

Em consulta no sistema, os policiais constataram que um dos suspeitos, o homem, de 37 anos, possuí um mandado de prisão condenatória pelo crime de estelionato, expedido pela Justiça de São Paulo. Os demais não possuíam passagem policial.

O trio foi autuado em flagrante por estelionato, associação criminosa, falsidade ideológica e uso de documento falso. Todos permanecem detidos no Setor de Carceragem Temporário (Secat) da especializada, onde aguardam à disposição da Justiça.