Três pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha de assaltantes que agiam em cidades da região metropolitana de Curitiba (RMC), foram presas na manhã desta quinta-feira (19). Segundo a Polícia Civil, o grupo atuava nas cidades de Rio Branco do Sul, Itaperuçu e Almirante Tamandaré. Além do trio, as equipes policiais também apreenderam diversas armas, munições e coletes que eram utilizados nas ações criminosas.

 

Foto: Divulgação/Polícia Civil

 

A Polícia revelou que esta quadrilha já era investigada há aproximadamente dois meses. “Além dos assaltos, eles são suspeitos de praticar extorsão, roubos de cargas e homicídios consumados e tentados”, informou o delegado Cassiano Aufiero à Banda B.

Na operação foram apreendidos 3 simulacros de pistola, 1 revolver 22 inox, um simulacro de fuzil colt m4, 1 calibre 12, balaclava, um colete balistico da PRF, além de 24 munições calibre 12, 99 munições de calibre 9 mm e 46 de calibre 38, 20 munições de calibre 22 e uma de calibre .40.

“Mais pessoas também poderão ser presas nas próximas horas. As equipes policiais seguem em buscas nas cidades que o grupo atuava”, completou o delegado que, segundo a Polícia Civil, ainda há a suspeita de agentes públicos nesta quadrilha.

No fim, a Polícia disse que não houve confronto armado na operação. Portanto, ninguém ficou ferido.

Foragido

Um dos suspeitos, com mandado de prisão solicitado, segue foragido. A Polícia disse que estaria envolvido na morte de Claudinei Ribeiro. Ele foi baleado no dia 11 de outubro, em Rio Branco do Sul, no Jardim Albarana.