Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

traficante-dentroSuspeita tinha em casa R$ 2.902 em dinheiro. Foto: AN/Banda B

Uma mulher de 33 anos foi presa no fim da noite deste sábado (22) em Campo Magro, na região metropolitana de Curitiba. Dulcinéia dos Santos é acusada de chefiar o tráfico de drogas na região do bairro Santa Felicidade. Um usuário de drogas teria dito a policiais militares à paisana onde ela morava.

traficanteMulher alegou que vendia drogas porque estava desempregada. Foto: AN/Banda B

A prisão aconteceu por volta das 22h30. Policiais do serviço reservado do 12º BPM encontraram na casa de Dulcinéia 40 gramas de crack, 4 buchas de cocaína, uma balança de precisão e também R$ 2.902 em dinheiro. “Nós investigamos denúncias que vieram por meio do 181 aqui na região da favela Três Pinheiros, em Santa Felicidade. Um usuário contou que, na verdade, quem abastecia a região morava em outro município”, descreveu um policial que participou da operação e não será identificado.

Outras pessoas estavam na residência da suspeita quando a polícia fez a abordagem flagrante. No entanto, todas foram caracterizadas como usuárias de drogas. Para a polícia, a traficante confessou que vendia drogas, mas apenas por um curto período. “Ela disse que vendia drogas porque estava desempregada e que, assim que arranjasse um emprego, deixaria essa vida. Mas, o tempo que ela está nisso não parece ser verdade”, indagou o policial do serviço reservado.

A suspeita foi encaminhada para a Delegacia de Almirante Tamandaré onde foi autuada em flagrante por tráfico de drogas.