Da Redação

O traficante do número 3, morador em Santa Felicidade, em Curitiba, foi preso pela terceira vez na noite desta terça-feira (5). É tanto número 3 na vida do suspeito que ele foi apelidado dessa forma. Depois de 3 anos preso pelo artigo 33 (tráfico de drogas), o suspeito ganhou a liberdade, mas caiu 3 meses depois de voltar as ruas.

“Foram feitas várias ligações (mais de 3) ao 181 narco-denúncia referente ao tráfico de drogas. Ontem, os policiais localizaram o suspeito com 27 gramas de crack e 37 de cocaína”, descreveu à Banda B o investigador Dilson Nascimento, de plantão no Ciac-Sul.

Para completar, o suspeito ainda é pai de uma menina de 3 anos. Ele foi autuado em flagrante novamente pelo artigo 33, ficando à disposição da Justiça. O investigador não soube confirmar se o suspeito tinha 33 anos, mas era só o que faltava.