Por Elizangela Jubanski e Roberto Romanowski

9 DPPresos tentavam fugir desde o fim de semana. Foto: RR/Banda B

Treze detentos conseguiram escapar das celas do 9º Distrito Policial, que fica Avenida Arthur Bernardes, no bairro Vila Izabel, em Curitiba, no final da tarde desta terça-feira (26). Eles fugiram fazendo buracos nas celas depois de dias tensos e com princípio de rebelião. O local tem espaço para 16 presos e abrigava 74.

O delegado titular do Distrito, José Sudário, disse que a situação já era esperada, pois a superlotação facilita os motins. No início da tarde, os presos  começaram o chamado ‘bate cela’. Diante da possibilidade iminente da fuga, o delegado pediu reforço policial do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), no mesmo instante, para que a situação não fugisse do controle. “Os policiais do Cope estavam atendendo ocorrências de urgência em Fazenda Rio Grande e em Campo Largo, e infelizmente só conseguiram chegar depois da fuga”, contou Sudário.

De acordo com o delegado, no último domingo (24) os presos tentaram fugir, mas a ação acabou frustrada pelos policiais, o que causou revolta de pelo menos 24 detentos, que passaram a bater cela. “Estamos com uma hiperlotação. Os presos disseram que a situação estava sem controle e ainda conseguimos conter tudo isso. Cerca de 20 presos ficaram nervosos pela frustração da tentativa de fuga do sábado, então, começaram a bater cela”, explicou o delegado.Na tarde de ontem, a revolta dos presos ficou mais grave

Polícia Civil, Polícia Militar, Cope e Grupo Tigre montaram uma grande operação após a fuga dos presos. Dos 13 que conseguiram fugir, 5 foram recapturados e 8 continuam foragidos. As fotos dos foragidos serão divulgadas pela Polícia Civil ainda hoje.