Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

Na madrugada dessa quarta-feira (3), a região metropolitana de Curitiba foi o alvo escolhido pela Gangue da Dinamite. Como a primeira tentativa em um mercado de Campina Grande de Sul falhou, a gangue escolheu uma empresa de madeira para o ‘serviço’. Cinco homens fortemente armados renderam os vigilantes da empresa Berneck, em Araucária, e estouraram dois caixas eletrônicos da agência HSBC.

Eles estavam em um veículo EcoSport e chegaram no local por volta 4 horas. A empresa de produção de madeira na rua Valério Sobânia, no bairro Tomaz Coelho, abriga caixas eletrônicos para clientes e funcionários. Os vigilantes foram rendidos pelos bandidos que usavam armas longas e agiram com rapidez. Dois caixas foram aos ares e o grupo fugiu levando uma quantia não divulgada de dinheiro.

caixas-boniAlarme soou e bandidos foram embora. Foto: AN/Banda B

Campina

Já a primeira tentativa em Campina Grande do Sul foi frustrada e aconteceu no início da madrugada, por volta das 1h40. O alarme do Supermecado Boni, que fica na av. Aniballe Ferrarini, no Jardim Paulista, soou e os bandidos deixaram pela metade a tentativa de cortar os dois caixas eletrônicos 24 horas. Da última vez em que o ataque aconteceu, o supermercado teve bastante prejuízo com a explosão porque destruiu parte da frente das instalações.

Notícias relacionadas:

Bandidos rendem segurança de shopping e explodem dois caixas eletrônicos em Curitiba

Quadrilha explode cinco caixas eletrônicos da Renault na BR-277

Bandidos explodem caixas eletrônicos na frente de prefeitura da RMC; ataques na semana chegam a 7

Um dia após roubo de 90 dinamites, gangue explode dois caixas na Grande Curitiba