Por Elizangela Jubanski

Fotos: Danaê Bubalo

Um taxista foi sequestrado no início da noite desta sexta-feira (11) em Araucária, na região metropolitana de Curitiba, e ficou sob a mira de um revólver por cerca de duas horas. Os bandidos foram presos e o trabalhador liberado pouco antes, em uma zona rural de São José dos Pinhais.

Os bandidos armados abordaram o taxista por volta das 18h30. Testemunhas que viram o momento em que os marginais entraram no táxi – um veículo Voyage – acionaram a Polícia Militar (PM), que solicitou apoio à Guarda Municipal (GM). Já em São José dos Pinhais, uma equipe da Guarda viu que as características do táxi roubado eram as mesmas de um veículo rodando próximo à BR-376, na entrada da região do Barro Preto.

De acordo com a GM, o veículo foi abordado às 20h30 e os marginais não reagiram. O taxista tinha sido liberado poucos metros antes, em um matagal, às margens da rodovia. Ele não estava ferido. Rudnilson Martins, 28 anos, foi preso e reconhecido pelo taxista. O outro homem não foi reconhecido e não teve a identidade revelada. Com Martins, a Guarda apreendeu um revólver calibre 22. Ele já tinha passagens pelo crime de roubo, esteve preso por 4 anos e recentemente a Justiça o concedeu a liberdade. Também, Martins é suspeito de ter matado e esquartejado um homem, em 2009. Os dois foram encaminhados à Delegacia de São José dos Pinhais.