Dois rapazes, suspeitos de matar um homem durante uma desavença familiar, foram presos na sexta-feira (5) pela Polícia Civil. Segundo as investigações, o crime se deu porque Victor Santos Nequel teria se envolvido em uma confusão com a ex-namorada e os familiares dela tomaram as dores.

Foto: Divulgação/Polícia Civil.

O crime aconteceu na Cidade Industrial de Curitiba, em fevereiro deste ano. Na ocasião, a vítima foi atingida por disparos de arma de fogo e encaminhada ao hospital, onde acabou morrendo.

Segundo o delegado Diego Valim, responsável pelas investigações, no dia do crime estariam os irmãos e alguns amigos da menina na casa. 

“Houve desentendimento entre a vítima e a ex-namorada. Um dos indivíduos atirou contra o Victor”. 

disse o delegado Diego Valim

Durante as investigações, a Polícia Civil coletou imagens de câmeras de segurança que mostravam uma Parati nos arredores. 

“Um dos investigados usava tornozeleira eletrônica, então pesquisamos nesse sentido. Chegaram denúncias anônimas também que ajudaram no trabalho”. 

contou o delegado Diego Valim

O delegado descobriu que  o suspeito de ser o atirador tem grau de parentesco com a menina que seria ex da vítima.

“Eles estavam todos em frente à residência, estavam todos em família. Relataram que houve uma agressão da vítima com a ex-namorada, tomaram as dores e executaram a vítima”. 

explicou o delegado Diego Valim

As investigações continuam, porque a Polícia Civil teve o conhecimento que mais alguns indivíduos ajudaram no crime. “Vamos atrás de levantar os maiores elementos contra essas outras pessoas e prendê-las também”.

As investigações seguem a fim de elucidar o fato e identifica outros possíveis envolvidos no crime.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Suspeitos de matar rapaz durante briga familiar são presos na CIC: ‘Tomaram as dores’, diz delegado

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.