Da Redação

Reprodução

O ‘cabeludo’ apontado como principal suspeito pela morte do adolescente Pedro Felipe Lopes da Luz, de 16 anos, deve se apresentar à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Curitiba nesta sexta-feira (14). Ele estava escondido, mas foi localizado pela polícia nesta quinta-feira (13) e garantiu que irá até a delegacia para prestar depoimento. O assassinato aconteceu na última sexta-feira, depois de Pedro entrar no ônibus para ajudar amigos que haviam entrado em conflito com o suspeito.

Segundo a polícia, Pedro não furou a catraca do biarticulado e morreu ao tentar defender os amigos. A informação foi confirmada pelo delegado Fábio Amaro, que investiga o caso. Ontem, a DHPP divulgou imagens de câmeras de segurança que mostram o momento em que o autor do crime foge pelas ruas do bairro Cristo Rei.

Amaro acredita que o autor do crime não tenha entrado no ônibus para matar, mas isso acabou acontecendo. “A gente acredita que pela situação ter sido ocasional, o autor vai se apresentar. Foi um ato de impulso, durante uma confusão. Um ato errado, porque se existe o erro de se entrar no ônibus sem pagar, nada justifica tirar a vida de uma pessoa por isso”, lamentou.

Pedro era jovem aprendiz em uma importante fábrica de refrigerantes na capital. Outro amigo dele ficou ferido e foi levado ao Hospital Cajuru, sem risco de morte.

Notícia Relacionada: