Um suspeito, de 38 anos, que teria participado de uma tentativa de assalto, foi morto após troca de tiros com a polícia, na tarde desta sexta-feira (27), na região do bairro Pinheirinho, em Curitiba. O assaltante teria tentado roubar um malote com R$ 20 mil de um empresário que estava dentro de uma caminhonete.

(Foto: Daniela Sevieri/Banda B)

O capitão Lima, supervisor do 12ª Batalhão da Polícia Militar, conta que a equipe da Ronda Ostensivas Tático Móvel (Rotam) estava em patrulhamento pela região, quando foi informada por um pedestre que um assalto estava sendo realizado nas proximidades. “Quando a equipe se aproximou, viu um veículo com três indivíduos e a vítima. Nesse momento, dois suspeitos fugiram correndo e o terceiro ameaçou a vítima e os policiais com uma arma de fogo. A voz de abordagem para que ele se entregasse foi dada e o mesmo continuou com a arma em punho, obrigando os policiais a salvaguardarem suas vidas e a do refém”, relatou Lima.

A vítima, de 41 anos, que é empresário do ramo de alimentos, conta que estava indo trabalhar quando encostou o carro e foi surpreendido pelos suspeitos. “Cheguei para trabalhar, encostei o carro, quando abri a porta eles chegaram me jogando para o banco do passageiro. Estavam saindo, mas aquele que assumiu o volante não sabia dirigir o carro automático. Nisso a viatura policial chegou e encostou”, afirma o empresário que diz ainda que um dos assaltantes apontou a arma em sua direção.

“Apontaram a arma para mim e tive até luta corporal com esse que morreu, pois estava tentando me proteger. Estava com o malote da empresa, mas não conseguiram levar nada”, disse a vítima.

De acordo com o empresário, este teria sido o terceiro assalto sofrido em apenas 15 dias e o malote de dinheiro seria usado para fazer a rescisão de alguns funcionários.