Um suspeito monitorado por tornozeleira eletrônica morreu em confronto com policiais militares (PMs) da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (ROTAM) do 12º Batalhão, na Vila Torres, em Curitiba, na noite desta quinta-feira (12). Segundo a polícia, o homem reagiu a uma tentativa de abordagem em uma área conhecida pelo intenso tráfico de drogas no bairro Prado Velho.

confronto-vila-torres-curitiba
Suspeito monitorado por tornozeleira eletrônica morre em confronto com PMs na Vila Torres. Foto: Cristiano Vaz/Banda B

Em entrevista à Banda B, o aspirante Jauch explicou que o patrulhamento de rotina foi intensificado por conta da operação Patamo, que visa intensificar o policiamento em áreas pré-determinadas para combater a criminalidade.

Na tentativa de abordagem, ele [suspeito] entrou em uma residência e, quando as equipes foram atrás, ele atirou contra a equipe, que revidaram a injusta agressão. Foi chamado o Samu para realizar o socorro, mas o homem não resistiu.

Jauch, aspirante da PM.

Nenhum policial ficou ferido no confronto. O homem não foi identificado.

A operação de patrulhamento tático acontece em toda a Curitiba. Hoje, o indivíduo investiu contra a equipe, que, para repelir a injusta agressão, reagiu e o cidadão morreu. Não sabemos se a residência era dele. Não havia mais ninguém no local.

Jauch, aspirante da PM.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para recolher o corpo na Rua Esperandio Domingos Fogiatto, local do confronto.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Suspeito monitorado por tornozeleira eletrônica morre em confronto com PMs na Vila Torres

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.