Uma equipe da Guarda Municipal (GM) prendeu um homem que teria sequestrado uma idosa, de 66 anos, nesta terça-feira (5). O crime aconteceu na Rua Romualdo Portugal, em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba.

De acordo com informações da GM, pedestres alertaram uma equipe de que dois carros estariam envolvidos em um sequestro, sendo eles um Ford Focus de cor branca e um VW SpaceFox de cor prata. Ao perceberem a presença da viatura, os suspeitos empreenderam fuga em direções diferentes.

Foto: Colaboração

O veículo Focus foi acompanhado pela viatura e, mesmo após ordem de parada com sinais luminosos e sonoros, o condutor não parou vindo a acessar a área central da cidade, realizando manobras perigosas e transitando na contramão.

Na sequência, um dos ocupantes teria saltado do carro. A equipe policial continuou acompanhando o Focus, que acessou a Av. Padre Natal Pigatto, quando deparou-se com uma viatura da Polícia Militar (PM), onde a abordagem foi realizada.

Golpe

O condutor relatou que teria efetuado o golpe do bilhete premiado. No banco traseiro do veículo estava a idosa, a qual contou que foi abordada por um homem pedindo informações, e durante a conversa outro suspeito se aproximou, e nesse momento o primeiro indivíduo apresentou um bilhete da loteria federal, informando que seria um bilhete premiado, e que ela poderia ficar com o prêmio se lhe entregasse uma quantia em dinheiro.

Posteriormente deslocaram até o Banco do Brasil, onde a vítima fez um saque em espécie R$9.900,00 e uma transferência de R$21.000,00.

Diante dos fatos, o homem, de 36 anos de idade, foi preso e encaminhado juntamente com o Ford Focus até a delegacia. Lá, a equipe realizou uma busca minuciosa no veículo encontrando os seguintes itens: um envelope vermelho contendo um bilhete da Quina, documentos pessoais, duas facas, dois maços enrolados em envelope, possivelmente utilizado em outros golpes e dois aparelhos celulares.

A vítima ainda relatou que o outro suspeito que saltou do veículo durante a fuga teria levado um envelope com o dinheiro em espécie.