Um homem, de 32 anos, acabou preso por policiais da Rone (Rondas Ostensivas de Natureza Especial) do Batalhão de Operações Especiais (Bope) após ser flagrado transportando pelo menos cinco armas e mais de 40 kg de maconha em um carro que seria utilizado para transporte de passageiros via aplicativos. A prisão aconteceu na tarde desta quinta-feira (2) no bairro Capão da Imbuia, em Curitiba. O motorista do veículo foi liberado.

O soldado Tenfen, da Rone, explicou durante entrevista à Banda B que uma equipe estaria fazendo patrulhamento pela região quando avistaram um veículo de modelo Onix e decidiram abordá-lo, já que, segundo ele, os ocupantes se mostraram nervosos com a presença da polícia.

“Abordamos a dupla, e no momento em que o passageiro desceu do veículo, ele lançou uma pistola ao chão. Os revistamos, mas não encontramos nada”, explicou Tenfen.

Foto: Colaboração

Ainda de acordo com o policial, após a revista pessoal, a equipe fez buscas dentro do automóvel e acabou encontrando duas espingardas (calibre 22 e 36), duas pistolas, um revólver e 41.2 kg de maconha.

Questionado sobre o destino que toda droga e armamento teria, o passageiro relatou que estaria levando para o município de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), e que os materiais fariam parte de uma venda realizada em Contenda, também na RMC.

Corrida por aplicativo

O soldado explicou que o motorista do Onix não estaria envolvido na situação e que ele foi solicitado através de um aplicativo de mensagens. “Eles fazem muito isso de chamar motoristas para fazer o transporte de ilícitos”, disse.

Sobre a droga e as armas encontradas em seu carro, ele justificou que não teria visto o suspeito colocando-as no porta-malas.

Histórico

O homem que foi preso, de acordo com a polícia, já teria passagens por homicídio, roubo e furto.

Além de tudo, o suspeito estava utilizando uma tornozeleira eletrônica no momento da prisão. Tenfen disse à Banda B que existia a restrição para ficar apenas em casa.