O homem de 27 anos suspeito de tentar matar o filho de dois meses foi preso, de forma preventiva, pela Polícia Civil do Paraná (PCPR), na manhã desta quarta-feira (18). A prisão ocorreu no município de Mandirituba, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). O suspeito estava abrigado em uma igreja, situada no Centro do município.

O crime ocorreu no dia 12 de dezembro do ano passado, em Curitiba. Conforme apurado, o homem teria chegado em casa embriagado e discutido com a companheira de 21 anos. Por esta razão, teria começado a agredir o bebê com tapas, socos e pontadas de faca na cabeça.

 

 

Imediatamente, a mãe do bebê chamou o Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), que encaminhou a vítima ao hospital com diversos hematomas e escoriações na cabeça. Nesse momento o suspeito fugiu do local.

Quando a PCPR tomou conhecimento, logo iniciou a investigação e solicitou a prisão por tentativa de homicídio à Justiça, o que foi atendido pelo Poder Judiciário.

O homem possuía passagens por violência doméstica. Pelo crime de tentativa de homicídio ele poderá cumprir até 30 anos de prisão. O bebê conseguiu sobreviver.