A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prendeu um dos acusados de participar da morte do professor Ronaldo Pescador, de 40 anos. De acordo com informações confirmadas pela reportagem da Banda B nesta terça-feira (17), a prisão aconteceu na última sexta-feira (13), no Calçadão da Rua XV de Novembro.

Reprodução

O corpo do professor estava enrolado em um tapete e um lençol, amarrados com fios elétricos. Pescador foi encontrado morto na manhã do dia 1° de dezembro. Ele estava no banco do próprio carro, com uma lingerie na boca.

Dias após o crime, um vídeo gravado com o professor em uma festa rave na sexta-feira (29), começou a circular nas redes sociais. As imagens foram gravadas horas antes de o professor ser encontrado morto.

A Polícia Civil não descarta a participação de mais pessoas no crime e é justamente isso que tenta identificar no momento.

A DHPP segue investigando o caso.