A Polícia Civil do Paraná (PCPR) cumpriu, na manhã de terça-feira (3), um mandado de prisão preventiva contra um rapaz de 22 anos, suspeito de ser o autor do assassinato de Henrique de Souza Leite, também de 22 anos. O crime aconteceu no dia 19 de outubro deste ano, no bairro Fazendinha, em Curitiba. O mandado foi cumprido na Casa de Custódia de Curitiba, onde o preso cumpre pena por tentativa de roubo.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Inicialmente, a informação repassada à Polícia era de que a vítima havia sido atingida por um disparo acidental. Apesar de Leite ter sido encaminhado com emergência ao Hospital do Trabalhador, ele faleceu na unidade.

Em menos de um mês de investigações foi possível demonstrar que o delito não foi acidental e, sim, intencional.

O suspeito teria efetuado um disparo com arma de fogo calibre .38, à curta distância, atingindo o rosto da vítima pelo fato desta tentar apaziguar um desentendimento existente entre o suspeito e uma terceira pessoa. O desentendimento foi causado, porque este terceiro manteve relação com a namorada do suspeito.

No dia anterior ao crime, o indivíduo já havia efetuado diversos disparos com arma de fogo na frente da residência de seu desafeto. Nesta ocasião ninguém foi ferido. No dia 9 de novembro deste ano, o suspeito foi preso em flagrante delito, na posse de um revólver calibre .38, logo após praticar uma tentativa de roubo de um veículo, no bairro Orleans, em Curitiba.

O mandado de prisão referente ao homicídio foi devidamente cumprido na Casa de Custódia de Curitiba, local em que o preso está à disposição da Justiça. O suspeito vai responder pela prática de homicídio qualificado por motivo fútil, cuja pena varia entre 12 a 30 anos de prisão.