Foto: Reprodução/Redes Sociais

A Polícia Civil investiga a possibillidade de mais uma pessoa estar envolvida na morte da cabeleireira Carine Alves Lobo, de 29 anos. Ela foi encontrada estrangulada, nesta sexta-feira, Dia Internacional da Mulher, em Padre Miguel, na Zona Oeste do Rio.

O principal suspeito do assassinato, Evânio Oliveira Santos, que é ex-companheiro da vítima, foi preso e autuado em flagrante por crimes de homicídio e ocultação de cadáver, pela delegada Fernanda Noethem, da Delegacia de Homicídios da Capital.

Na especializada, onde confessou o crime, ele disse ter pago R$ 150 a um homem, conhecido apenas como Luizinho, para ocultar o corpo da cabeleireira.

Apesar disto, o corpo da vítima foi encontrado enrolado em um lençol, dentro de um Gol de cor escura, na Estrada do Encanamento, no Bairro de Padre Miguel.

O crime teria ocorrido porque Evânio, que estava em liberdade condicional e usava tornozeleira eletrônica , não aceitava o fim do relacionamento que durou cerca de cinco anos.

Para ler a matéria completa no Extra, clique aqui.