Um suspeito, de 29 anos, investigado pela morte de Layla Vieira Batista, morta a tiros em 11 de fevereiro de 2024, foi preso nesta terça-feira (23), em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba.

De acordo com o delegado Paulo Cesar Ribeiro, na data do crime o suspeito teria desferido os disparos contra a vítima que havia saído de uma igreja.

WhatsApp Image 2024-04-23 at 17.56.04
Foto: Divulgação/PCPR

“Ela teria sido abordada por uma motocicleta na saída da igreja e morta a tiros. A Polícia Civil conseguiu descobrir a autoria do crime após investigações e prendeu o suspeito. Pelos relatos das testemunhas, ele seria uma pessoa perigosa e temida no bairro. Ele não reagiu à abordagem policial e agora está à disposição da Justiça”, explicou o delegado.

O suspeito, que foi conduzido ao sistema prisional, vai responder pelo crime de homicídio qualificado, cuja pena pode chegar a 30 anos de prisão.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Suspeito de matar a tiros mulher na saída de igreja é preso em Fazenda Rio Grande

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.