Um suspeito de ter assaltado uma farmácia no bairro Mercês, em Curitiba, trocou tiros com a Polícia Militar (PM), no início da madrugada no bairro Butiativinha. Ele estava com o carro do farmacêutico, não teria acatado a ordem de parada e atirou com os policiais. O suspeito foi atingido e morreu no local.

 

Suspeito foi morto na troca de tiros, segundo a PM. Foto: Banda B

 

Segundo o farmacêutico e dono do carro roubado, o assaltante entrou na farmácia, na Avenida Manoel Ribas, por volta das 23 horas. “Estávamos em três na farmácia, eu, meu gerente e mais uma funcionária, tinha um movimento baixo por ser tarde já. Esse elemento chegou, mandou a gente ir lá para trás, deitar no chão, revistou a gente e pediu pelo cofre, mas a gente não tem acesso a cofre nenhum. Ele levou uma quantia em dinheiro e pediu a chave do meu carro”, detalhou.

Além do carro, o assaltante levou uma quantia de R$ 1 mil. Segundo a vítima, o homem agiu com violência nos poucos minutos que passou dentro da farmácia. “Ele deu um tapa no gerente e ameaçava atirar na gente o tempo todo. Eu achei que ia morrer, mas confiei em Deus e deu tudo certo. Ele estava bem alterado”, finalizou.

As vítimas acionaram a polícia, que encontrou o carro no bairro Butiatuvinha, em menos de uma hora depois. Segundo informações repassadas à Banda B no local, o suspeito não acatou a ordem dos policiais e houve troca de tiros, na rua Osvaldo Filippetto.

Não há informações se o suspeito foi morto dentro do carro ou em um matagal próximo. Embora a equipe da Banda B estivesse no local, a PM optou em não detalhar a situação no momento.

O corpo do suspeito foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. A arma dele foi apreendida e o caso será analisado tanto pela Corregedoria da Polícia Militar quando da Civil.

Vídeo

Assista ao vídeo registrado no local: