Shirley Aparecida Stante, 55 anos, presa pelo assassinato de Maria Eduarda Alexandre Ferreira, de 19 anos, teria premeditado o crime, de acordo com o inquérito da Polícia Civil do Paraná. A jovem foi morta a facadas, no dia 21 de maio, por estar com o marido da suspeita em um bar de Assis Chateaubriand, no oeste do Paraná.

crime-assis
Reprodução

Shirley foi indiciada por homicídio qualificado. Conforme o delegado responsável pelo caso, Túlio Fernando de Almeida, o crime foi motivado por ciúmes.

Maria Eduarda teria um relacionamento amoroso com o marido de Shirley. No momento em que foi assassinada, ela havia acabado de trocar carícias com ele em um bar. Uma câmera de segurança registrou a ação (assista abaixo).

A esposa traída golpeou a jovem com duas facadas. A suspeita ainda tentou atingir o marido com a faca, mas não conseguiu. Ela fugiu na sequência.

Shirley se entregou à polícia no dia seguinte do crime. Ela segue presa.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Suspeita de matar amante do marido a facadas em bar no Paraná teria premeditado crime, diz polícia

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.