Por Elizangela Jubanski e Roberto Romanowski

Um crime que aconteceu na noite desta terça-feira (30) pode ter sido motivado por vingança. O sócio de uma casa noturna e de um restaurante em Curitiba foi morto dentro de casa, na rua Waldemar Loureiro Campos, no bairro do Boqueirão, em Curitiba. Três homens invadiram a residência de Cleverson Rodrigues, 23 anos, e abriram fogo contra ele.

De acordo com testemunhas, o trio desceu de um carro por volta das 23h e invadiu o terreno de Rodrigues, que possui várias casas, onde moram pessoas da mesma família. Como se já soubessem onde morava o alvo, os assassinos foram direto na residência de Rodrigues. A vítima tomava banho e, mesmo assim, a porta do banheiro foi arrombada e ele foi alvejado por seis tiros. Ele morreu na hora. A mulher conseguiu pegar o filho pequeno e fugir. A avó da vítima, que mora em uma das casas no terreno, passou mal e teve que ser atendida por ambulância do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate).

Vizinhos contaram que viram um automóvel prata fugindo em alta velocidade. Rodrigues não tinha passagens pela polícia. Na casa dele a polícia encontrou coldres, mas sem armas e uma quantidade de cocaína.

Segundo os policiais, Rodrigues poderia ter envolvimento com ilícitos e estar envolvido com outro crime ocorrido há poucos dias, na mesma região. “Temos poucas informações aqui no local. A família não consegue passar informações que auxiliem na investigação. Mas, o nome dele já tinha sido ventilado por outras pessoas em uma investigação que acontece no paralelo a esse crime. E essa outra investigação pode estar relacionada a este crime”, contou Danilo Zarlenga da Delegacia de Homicídios à Banda B.

Também, segundo ele, a casa noturna e o restaurante não têm relação com o homicídio. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). A DH investiga o caso.