(Fotos: Djalma Malaquias – Banda B)

 

Um serralheiro de 40 anos foi morto a tiros no Bairro Novo, em Curitiba, na noite desta sexta-feira (26). Segundo testemunhas, Sidnei Alves da Silva foi chamado pelo apelido no portão de casa, na Rua Almério Erivan Swarowski, e recebido a tiros.

João Carvalho, sogro da vítima, contou que o genro havia acabado de chegar do trabalho no momento do crime. “Gritaram pelo Sidnei lá fora e, quando ele se aproximou do portão, atiraram contra ele. Ninguém sabe o que aconteceu, ele era um pai de família, uma pessoa responsável”, declarou ele em entrevista à Banda B.

O tenente Zattera, da Polícia Militar, afirmou que ainda não há informações sobre a autoria e o motivo do crime. “Os moradores não visualizaram nada, disseram apenas que o atirador estava sozinho, mas essa informação ainda precisa ser apurada. Após os disparos, o socorro chegou a ser acionado, mas o homem não resistiu e morreu na própria residência”, relatou.

Segundo o tenente, Sidnei não possuía passagens pela polícia. O corpo dele foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba e a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.