Um homem foi morto e outro terminou preso após um assalto a uma loja de celulares no Shopping Via Colleghi, no bairro Bacacheri, em Curitiba, na tarde desta quinta-feira (17). A dupla cometia o crime quando um policial de folga percebeu a intensa movimentação e interviu.

De acordo com o capitão Paulo Alexandre, da Rone (Rondas Ostensivas de Natureza Especial), o policial à paisana que fazia compras ouviu pessoas gritando e notou uma correria. “Ele prontamente conseguiu abordar um dos suspeitos que se entregou”, disse. O detido estava com um simulacro pistola.

Foto: Paulo Debski/Banda B

O criminoso que se rendeu já carregava uma sacola com vários celulares e dinheiro, de acordo com o capitão.

O comparsa, armado com um revólver de calibre 32 verdadeiro, teria tentado sacar a arma para atirar quando o policial disparou contra ele. “Ele estava nos fundos da loja, no estoque, e tentou sacar a arma, mas o policial atirou”, afirmou Alexandre.

O Siate foi acionado para prestar atendimento médico ao ferido, mas ele morreu. “Tentaram reanimá-lo por vários minutos, mas ele veio a óbito”, descreveu o capitão. O suspeito morreu na ambulância.

Foto: Paulo Debski/Banda B

Ainda não há informações sobre a existência de antecedentes criminais por parte do jovem que morreu. Ele foi encaminhado ao Morgue do Hospital Cajuru.

O suspeito preso foi levado à Central de Flagrantes.

Jardim das Américas

Criminosos fizeram algo parecido com o que ocorreu no Bacacheri. Na manhã desta quarta-feira (17), dois homens assaltaram uma loja de eletrônicos no Shopping Jardim das Américas e um policial, também de folga, percebeu a correria e atirou contra um dos suspeitos; o comparsa conseguiu fugir.

O ferido foi levado a um hospital de Curitiba e, na sequência, à Central de Flagrantes. Além do assaltante, ninguém ficou se machucou.