O secretário de Segurança Pública de Araucária, Lincoln Roberto Stygar, foi preso em flagrante nesta quarta-feira (5) por porte indevido de munições de armas de fogo durante a deflagração de duas operações de combate ao tráfico de drogas na cidade.

A prisão de Stygar, que também é agente da Guarda Municipal (GM), aconteceu durante o cumprimento de 12 mandados de busca e apreensão em Araucária por parte do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público.

Secretário de Segurança de Araucária é preso pelo Gaeco em operação que mira grupo ligado ao tráfico de drogas
Lincoln Roberto Stygar é o secretário de Segurança Pública de Araucária desde março do ano passado – Foto: Reprodução

As duas operações de combate ao tráfico de drogas foram denominadas de “Fox” e “Tijuana”. “As investigações tratam de tráfico de drogas e associação para o tráfico, inclusive com a participação de servidores públicos nos crimes”, disse o órgão.

A Operação Fox trata especificamente do relacionamento de agentes de segurança pública municipal com o tráfico de drogas na cidade e levou ao cumprimento de oito ordens judiciais. A sede da Guarda Municipal foi alvo da operação.

Na Operação Tijuana, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão no bairro Capela Velha e um no Centro de Araucária.

O que diz a prefeitura?

Procurada pela Banda B, a Prefeitura de Araucária disse ter sido surpreendida pela prisão do secretário e afirmou que vai acompanhar o caso. Além disso, destacou que poderá tomar medidas caso o envolvimento do secretário com crimes seja confirmado (veja a nota na íntegra abaixo).

“A Prefeitura de Araucária recebeu com surpresa a informação sobre o secretário de Segurança Pública ser alvo de investigação do Gaeco, bem como sua prisão por “porte indevido de munições de armas de fogo”. Cabe ressaltar que, agora, cabe a ele apresentar a sua defesa, dentro do que prevê a lei. No que cabe à Prefeitura, o caso será acompanhado e, dependendo dos desdobramentos e confirmações, medidas poderão ser tomadas. Vale reforçar: a Prefeitura trabalha no sentido de sempre colaborar com o MP-PR em qualquer investigação que se faça necessária.”

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Secretário de Segurança de Araucária é preso pelo Gaeco em operação que mira grupo ligado ao tráfico de drogas

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.