Uma reintegração de posse terminou com um policial militar gravemente ferido e um morador morto em Piraquara, região metropolitana de Curitiba, na manhã desta segunda-feira (30). O caso aconteceu na Rua Horácio Oliveira, no bairro Recanto das Águas. O soldado Tiago Cavalheiro, do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd), teve a arma roubada após uma reação do homem que vivia no imóvel.

(Foto: Djalma Malaquias – Banda B)

 

Segundo a Polícia Civil, acontecia a reintegração de posse para os antigos donos, quando o morador, que era vigilante, roubou a arma do policial militar e disparou contra ele. “Na semana passada, o rapaz tinha sido avisado e, na data de hoje, o oficial de justiça veio com os policiais. Houve uma luta corporal, ele roubou a arma e disparou contra o policial militar”, descreveu à Banda B o investigador Sérgio Klaar, da Delegacia de Piraquara.

Ainda de acordo com o investigador, o policial militar levou quatro tiros e foi socorrido em estado grave. Já o morador morreu após uma ação dos outros policiais que acompanhavam o oficial de justiça. “Houve troca de tiros com os outros integrantes da equipe policial e este rapaz morreu”, explicou.

Vizinhos do morador relataram que o pai dele morreu há dez anos e, após isso, passou a mudar o comportamento. “A informação é que este rapaz tinha surtos psicóticos com frequência, embora sem o envolvimento com drogas e álcool”, destacou Klaar.

Soldado da PM foi socorrido em estado grave

Estado grave

Segundo o coronel Sérgio Augusto Ramos, do Batalhão de Polícia de Guarda, o estado de saúde do policial Cavalheiro inspira cuidados. “Ainda não temos informações concretas, mas estamos apreensivos com isto. Foram quatro disparos contra o policial”, relatou.

Ainda de acordo com o coronel, o apoio foi solicitado no batalhão pelo oficial de justiça. “O oficial esteve no batalhão e pediu apoio. O soldado Tiago Cavalheiro estava com um companheiro e aconteceu isso. O rapaz que morreu aqui tem um porte físico grande e acabou acontecendo isso”, disse.

Os tiros atingiram perna, braço e lateral do colete do soldado Cavalheiro. Ele foi socorrido de helicóptero ao hospital.