Do Portal Catve.tv

Um rapaz de 22 anos tentou matar a ex-namorada e depois se matou na manhã desta terça-feira (3) no município de Corbélia, que fica cerca de 28 km de Cascavel. A situação ocorreu em um supermercado onde a jovem trabalha.

rapaz(Foto: Portal Cantu)

Segundo informações repassadas pela Polícia Civil de Corbélia, algumas testemunhas foram ouvidas e as primeiras informações dão conta de que o término do namoro motivou a tentativa de homicídio. Eles ficaram juntos alguns meses e desde novembro o namoro havia terminado.

A jovem trabalhava no momento em que Lucas Souza Pontes, de 22 anos chegou ao estabelecimento comercial armado. O rapaz atira contra Aline Simão, de 18 anos e em seguida foge. Ele é seguido por um funcionário da empresa e no cruzamento das ruas Margarida com Rainha das Neves no centro de Corbélia, atira contra a própria cabeça.

Aline que foi atingida por dois disparos, sendo um no pescoço e outro na clavícula, foi levada ao Hospital Santa Simone onde permanece internada em estado grave. Já o rapaz chegou a ser socorrido, mas não resistiu ao ferimento e morreu. O corpo foi levado ao IML de Cascavel.

Ainda de acordo com informações, logo depois da separação, Lucas foi levado pela mãe a Guaraniaçu onde estava residindo, mas nesta manhã retornou a Corbélia.

Atualização

De acordo com o delegado da polícia Civil de Corbélia, Denis Giovanny Zortéa Merino, nesta tarde três testemunhas foram ouvidas e outras pessoas – entre amigos, funcionários do supermercado e familiares, ainda devem prestar informações nesta semana. Conforme Merino, as investigações apontam que o término do namoro realmente motivou a tentativa de homicídio seguida de suicídio. “Quando o rapaz entrou no estabelecimento ele já atirou contra Aline que estava no caixa, dois tiros acertaram ela, mas ele disparou mais vezes, porém a arma falhou, nisso ele fugiu”.

Segundo informações um funcionário seguiu Lucas, que fugia em direção a um colégio onde trabalha uma parente dele, porém antes de chegar ao destino atirou contra a cabeça e a arma falhou novamente, ele correu mais alguns metros, trocou a munição e atirou novamente. “Neste momento a arma funcionou e mesmo sendo socorrido acabou morrendo no hospital”, disse o delegado.

A jovem permanece internada e o quadro clínico é estável.

As informações são do Portal Catve.tv.