Quatro pessoas foram presas, nesta quinta-feira (27), em operação que investiga fraudes de até R$ 430 milhões com a venda de falsos consórcios. A investigação da Polícia Civil do Paraná cumpriu mandados nos estados de Amazonas e Tocantins, com o apoio de investigadores dos respectivos estados.

image-3-44
Divulgação Polícia Civil

De acordo com a Polícia Civil, os suspeitos iludiam as vítimas na aquisição de bens móveis e imóveis, acreditando que estavam adquirindo uma residência ou um carro, porém depositavam valores em contas de terceiros.

“Foi verificado que os consórcios eram fraudulentos. Ao longo de quatro anos, eles movimentaram R$ 430 milhões”, explicou o delegado Thiago Dantas.

O grupo, situado em Manaus, abria escritórios falsos em Curitiba, Palmas, São Paulo, Fortaleza e Maceió. Após um período, encerrava as atividades deixando as vítimas sem contato, dinheiro ou bens prometidos.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Quatro são presos em operação que investiga fraudes de até R$ 430 milhões com a venda de falsos consórcios

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.