Quatro pessoas foram baleadas por atiradores em uma motocicleta e em um Renault Kwid, na noite dessa quarta-feira (7), na região da Cidade Industrial de Curitiba. Os atentados aconteceram em ruas próximas e a Polícia Civil investiga qual é a motivação. Dos quatro baleados, um jovem de 25 anos não resistiu aos ferimentos e morreu.

A primeira situação aconteceu em um bar conhecido na região do Vila Sandra, na rua Ararangua. Um dos passageiros do carro desembarcou e atirou contra um casal, que estava em uma das mesas do bar. A mulher foi socorrida por amigos a um hospital, e o homem ao Pronto Socorro do Hospital do Trabalhador por uma ambulância.

Nesse momento, os atiradores seguiram para a rua João Casagrande, em praça ao lado de um hipermercado, e atiraram em outros dois jovens.

 

Um jovem de 25 anos não resistiu aos ferimentos e morreu. Foto: Banda B

 

O delegado da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Thiago Nóbrega, disse que nesse segundo caso um foi morto. “Aqui uma pessoa morta e uma baleada e internada no Cajuru, sem risco de morte. Eles correram, um conseguiu ser socorrido e o outro, não”, contou o delegado. “O que identificamos foram pinos de cocaína próximo ao corpo da vítima, dando entender que eles faziam uso de entorpecentes. Não podemos afirmar que o crime possa ter relação, mas tudo indica que sim”, completou Nóbrega.

Testemunhas serão ouvidas, assim como as vítimas feridas.

Confronto

Pouco antes, policiais entraram em confronto na Estrada Velha do Barigui, também CIC. Um suspeito, em um Fiat Argo, teria trocado tiros com policiais da Rotam durante uma abordagem. O carro tinha sido roubado no bairro Água Verde, em Curitiba, horas antes. O baleado foi socorrido.