Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

quadrilha furto dentroOperação Ostentação: o grupo gostava de roubar lojas caras. Foto: AN/Banda B

A Operação Ostentação da Polícia Civil prendeu uma quadrilha especializada em roubos a lojas de shoppings de Curitiba na manhã desta terça-feira (22). Ao todo, nove pessoas foram presas, três adolescentes apreendidos e ainda três seguem foragidos. O mentor da quadrilha é um adolescente de apenas 15 anos. Os produtos roubados eram, geralmente, caros e vendidos em sites de compra e venda na internet. A maioria das prisões aconteceu no bairro Cajuru.

As investigações começaram há meses quando várias informações sobre suspeitos de assalto cruzavam com as mesmas características. No fim de junho, um dos membros da quadrilha, identificado como Cláudio Marques Júnior, trocou tiros com a Polícia Militar (PM) durante um assalto a uma distribuidora de bebidas e morreu.

O esquema também contava com o ‘apoio’ das namoradas dos suspeitos. Elas iam até as lojas e as fotografavam para, em seguida, estudar o roubo. A quadrilha assaltava lojas de marca, joalherias, celulares. No entanto, as garotas, até então, não tinham sido presas por estarem em período puerpério, 45 dias após o parto.

“Agora, a segunda etapa da operação Ostentação é para pegarmos os receptadores desses produtos. Muita gente comprava isso tudo”, disse o delegado Rodrigo Souza da Delegacia de Furtos e Roubos à Banda B, que comandou a operação ao lado de Marcelo Pereira.

Os presos foram identificados como Hamilton luis de Souza, Fabio Alexandre dos Santos, Elton Machado, André Cardoso, Wiliam Pires, Cleiton Pereira, Pablo Guilherme Martins da Silva
Isac Aventura de Souza Junior e Alvaro Galvão, detido em Fazenda Rio Grande. Estão foragidos:
Amanda Caroline, Marlon Lopes de Oliveira e Wiliam Gustavo.