Uma quadrilha invadiu o supermercado Condor, na madrugada desta quinta-feira (26), e rendeu três funcionários que trabalhavam no momento. Segundo um dos funcionários, os suspeitos chegaram armados, por volta da 1 hora,  e ameaçaram todas as vítimas. Preparados com um roteiro de como fariam o roubo, levaram diversos produtos da loja, além dos pertences das vítimas e fugiram. Um vídeo registrou o momento do invasão (assista abaixo).

Fotos: Colaboração/Banda B

 

Um dos funcionários, que trabalha na limpeza de madrugada, contou à Banda B que ele e os colegas de trabalho tinham acabado de jantar e estavam descansado, quando os ladrões entraram.

“Quando a gente menos esperava, um dos ladrões chegou com o oficial da loja e deu voz de assalto. Quando vi, já estava com um arma no peito. Nos fizeram ir para o piso de baixo e mandaram a gente deitar no chão. Renderam nós três e mais dois homens que estão fazendo reforma de noite. Nos ameaçaram de morte”, disse o funcionário, que não será identificado.

A quadrilha quebrou vidros e levou diversos objetos do supermercado, entre eles, mais de 200 aparelhos celulares, televisores, roupas e bebidas. Após o roubo, os suspeitos fugiram em um carro, como explicou a tenente Félix, do 12º Batalhão da Policia Militar (BPM).

“Fomos acionados e, ao chegar no local, tivemos acesso às câmeras de segurança. Também tivemos denúncias anônimas e algumas informações, que nos levaram ao bairro Parolin”, explicou a tenente.

Segundo Félix, aos chegar em uma casa no Parolin, local que a quadrilha estava, os suspeitos fugiram devido a uma câmera de monitoramento que registrou a chegada da Polícia Militar (PM).

“Eles viram a viatura chegando e fugiram. Mas entramos no local e todos os pertences foram recuperados. O prejuízo seria imenso para o estabelecimento. Encontramos também um mapa, que tratava-se de uma cartolina onde eles desenharam o local e os passos que dariam no assalto. Eles estavam preparados, tinham câmeras para identificar a PM e uma rota de fuga”, esclareceu.

Ainda de acordo com a tenente, provavelmente a quadrilha vai continuar com os assaltos. “Com certeza eles não vão parar por ali. As armas, vistas nas imagens, não foram encontradas. Provavelmente, vão continuar realizando os assaltos”, completou.

As vítimas não ficaram feridas e o caso será investigado pela Polícia Civil do Paraná (PCPR).

Confira ao vídeo que mostra a ação da quadrilha e os pertences roubados: