Por Marina Sequinel e Luiz Henrique de Oliveira

Um professor de informática, de 32 anos, foi preso nesta terça-feira (19) acusado de abusar de alunas dentro da sala de aula. O caso foi registrado na Escola Estadual Paulo Freire, localizada no balneário da Praia de Leste, em Pontal do Paraná.

A informação é de que os policiais receberam denúncias dos pais de seis vítimas na última quinta-feira (14). “Eles afirmaram que o professor aproveitava o momento da aula para passar a mão no corpo das crianças. É realmente revoltante. Nós temos até o relato de uma menor que é especial e cadeirante”, afirmou à Banda B o delegado Iberê Toniolo, responsável pelo caso.

Toniolo informou ainda que o acusado já havia sido demitido de outra escola, também em Pontal, por abusar das alunas. As vítimas tinham, em média, 11 anos. “Ele negou o crime várias vezes, mas todos os depoimentos apontam que ele praticava esses atos. Nós acreditamos que ele possa ter abusado de muito mais alunas no passado. Por isso, vamos investigar”, concluiu o delegado.

Notícia relacionada

Professor de informática é afastado acusado de abusar de alunas em Escola Municipal de Curitiba