Um latrocínio foi registrado no final da noite dessa quarta-feira (2), na Cidade Industrial de Curitiba. Quatro homens da mesma família foram abordados por dois assaltantes no momento em que trocavam o pneu de um dos caminhões em que estavam. Houve reação e um dos produtores rurais acabou baleado e morto. Outras duas vítimas ficaram feridas e os bandidos fugiram.

Assalto foi no Contorno Sul. Uma das vítimas morreu – Foto Banda B

O assalto aconteceu por volta das 23 horas, no Contorno Sul, na Cidade Industrial de Curitiba, perto da Trincheira Cyro Correa Pereira. De acordo com o tenente Augusto, do 23º Batalhão da Polícia Militar, o motorista de um dos dois caminhões carregados com tomate, foi obrigado a estacionar, no sentido CIC, por causa de um pneu furado. Ele vinha acompanhado de outros três parentes, entre primos e irmão. Os dois parentes que seguiam atrás, em outro caminhão, pararam para ajudar. Eles vinham de uma propriedade rural de Campo Magro, na Região Metropolitana de Curitiba, e seguiam para a Ceasa, no Pinheirinho, em Curitiba.

Nesse momento, dois bandidos armados, que vinha a pé, se aproximaram e deram voz de assalto. “Houve alguma reação e um dos caminhoneiros acabou baleado na região do pescoço e acabou não resistindo. Ele morreu no local. Outro produtor acabou sofrendo um tiro de raspão na cabeça e foi socorrido. Um outro rapaz acabou com ferimentos nos pés e o quarto ocupante não se feriu. Os bandidos fugiram”, contou o tenente.

Fernando dos Anjos, de 28 anos, chegou a entrar em luta corporal com os bandidos e acabou morrendo no local. O primo de 42 anos foi quem acabou baleado de raspão. O irmão da vítima fatal, de 26 anos, chegou a carregar Fernando nos braços pedindo socorro na rodovia e acabou ferindo os pés. Os dois foram levados para o hospital.

Os bandidos fugiram levando os telefones celulares e as carteira das vítimas.

O Corpo de Bombeiros foi chamado, mas Fernando não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O caso seguirá investigado pela Polícia Civil. Não há informação a respeito do paradeiro dos bandidos.