Um preso morreu após uma confusão na carceragem da Delegacia de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, no fim da noite desta terça-feira (14). A informação da Comissão de Direitos Humanos da OAB-PR é que detentos pediram por remédio, renderam um policial e outro reagiu disparando, atingindo Cristiano Rodrigo Adriano, de 25 anos, que estava preso há dois meses por furto.

Suspeito morreu dentro de delegacia (Foto: Colaboração)

 

Segundo o advogado Nilton Ribeiro, presidente da comissão da OAB, as delegacias superlotadas são um problema grave. “Delegacia não é lugar de preso, mas sim em penitenciária. Situação difícil para o preso e também os policiais. É lamentável a perda de uma pessoa e o que os policiais acabam passando”, destacou.

De acordo com Ribeiro, agora aguarda-se as investigações para saber exatamente o que aconteceu. “Tudo será esclarecido no fim do inquérito policial, com o laudo do Instituto de Criminalística. O policial que foi rendido ficou bastante machucado nesta situação”, descreveu.

O corpo de Cristiano foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML).