Por Denise Mello e Antonio Nascimento

Quatro presos da Penitenciária Central do Estado (PCE), em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), conseguiram fugir no final da noite desta terça-feira (16) e, até o final da manhã desta quarta, ainda não haviam sido recapturados. A fuga aconteceu por volta das 23 horas em uma das celas do complexo. Os agentes penitenciários perceberam a movimentação e conseguiram evitar que um dos detentos escapasse. Os outros quatro fugiram.

Segundo informações levantadas pela Banda B junto à Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp), os cinco presos estavam em uma das celas da PCE  quando conseguiram quebrar o equipamento que fica no duto de ventilação e escapar pelo buraco no teto. Eles foram para o telhado da penitenciária, pularam no pátio e escalaram o muro do complexo com o uso de uma corda feita com lençóis, a chamada “tereza”. Os agentes penitenciários perceberam a fuga no momento em que os presos escalavam o muro e conseguiram evitar a fuga de um deles.

Ainda segundo a Sesp, o Batalhão de Polícia da Guarda, responsável pelo policiamento do lado de fora do complexo, foi acionado, mas por causa da forte neblina e da escuridão não encontrou nenhum dos fugitivos. A Sesp não informa os nomes dos foragidos ou os crimes pelos quais foram condenados. Um inquérito administrativo deverá ser aberto para apurar as responsabilidades pela fuga.  A PCE reúne hoje de 1,5 mil detentos.