Uma dupla tentativa de homicídio provocada por vingança e juras de morte. Esta foi a motivação de um suspeito preso na última segunda-feira (21), pela Polícia Civil do Paraná. O atentado aconteceu no dia 15 de agosto contra um homem de 32 anos, morador da Cidade Industrial de Curitiba (CIC) e a enteada dele de 8 anos. Os dois sobreviveram e identificaram o suspeito, preso esta semana.

Delegado Thiago Nóbrega – Foto Banda B

De acordo com o delegado Thiago da Nóbrega, o suspeito jurou vingança contra o morador por ter sido denunciado por ele em 2015. “Fugindo, este suspeito invadiu a casa da vítima há cinco anos e a polícia foi acionada. Ele acabou preso e jurou vingança, com juras de morte. Agora, no dia 15 de agosto, este homem foi até a casa da família e atirou contra o carro, no momento em que todos saíam da casa. Felizmente, as balas atingiram as pernas das vítimas, que sobreviveram e  reconheceram o suspeito”, relatou o delegado.

O indivíduo foi capturado em cumprimento de mandado de prisão temporária, na segunda-feira (21), no mesmo bairro do crime.

“Fizemos campanas e conseguimos identificar o carro usado pelo suspeito, uma caminhonete Fiat/Touro. Havia também outras duas pessoas com ele no momento doa tentado. estamos trabalhando para identificá-las, mas o autor dos disparos está preso”, completou Nóbrega.

As vítimas foram encaminhadas para o Hospital do Trabalhador na época do crime e se recuperaram.

O suspeito preso, que não teve o nome divulgado, já tem passagens por furto e roubo.