A Polícia Civil (PC) de Rio Branco do Sul, região metropolitana de Curitiba, prendeu o homem que matou Jeferson Garcia, no dia 7 de outubro de 2015, no bairro Nossa Senhora de Fátima. Pedro Borba Neto estava foragido desde o começo de 2018 e há meses a PC de Rio Branco do Sul estava realizando investigações para prendê-lo.

Foto: PCPR

 

No dia do crime, Pedro atirou em um dos enteados, que conseguiu fugir e sobreviver. Jeferson era irmão da vítima, e foi conversar com Pedro para acalmar a situação, quando foi atingido com os disparos e morreu no local.

“Ele efetuou os disparos contra o enteado dele, filho da mulher que Pedro era casado. A vítima conseguiu fugir, mas o irmão dela, ao tentar acalmar o autor dos disparos, acabou sendo atingido por disparo e morreu no local. Pedro tinha dois mandados de prisão vigentes, e um deles é referente aos crimes que cometeu”, esclareceu o delegado Rafael bacelar, da Delegacia de Rio Branco do Sul.

Pedro já tinha mandado de prisão por porte ilegal de arma de fogo, além do mandado pelo homicídio qualificado tentado e homicídio qualificado consumado. Ele ficará preso em Rio Branco do Sul, à disposição da Justiça.