Foto: Divulgação

O Policial Militar paranaense Diego da Silva Gutierrez está concorrendo a um prêmio de 10 mil dólares, fornecido pelo Desafio Builds, que recompensa os melhores casemoders do mundo. Essa atividade nada mais é do que o ato de modificar computadores para que as máquinas desempenhem funcionalidades diferentes, com as aparências mais diversas.

“Montei um projeto para competir em nível nacional e internacional, que é em homenagem à Rone. Meu casemode é um computador com uma aparência de um robô, que é uma ideia futurística para que o Rone seja ajudada pelo robô ao combater ao crime”, conta Diego, que baseou o aspecto da máquina no filme dos anos 80, Robocop.

Em 2018, o PM foi campeão brasileiro da categoria e em 2019 ficou em 2º Lugar. Agora, está no 4º Lugar de uma competição mundial online, sendo um dos favoritos.

Foto: Divulgação

O Robô Rone, como foi batizado, demorou seis meses para ficar pronto e, se fosse comercializado, custaria em torno de R$ 40 mil. “Recentemente o site lançou essa competição de votos e eu quero muito vencer, pois o prêmio é de 10 mil dólares”, relatou.

O projeto levou seis meses para ficar pronto, com toda a estrutura principal feita de acrílico e PVC expandido. Somente em hardware o policial gastou R$ 15 mil reais em peças de alto desempenho.

Na competição, que acontece até dia 21 de março, já há 2.700 inscritos e desses pelos três são brasileiros. Para votar, basta acessar o site builds.gg/builds/robo-rone-15108, fazer login com a senha do Facebook e votar no Robô Rone.