Policiais militares e um suspeito de assaltar um motorista de aplicativo trocaram tiros dentro de uma tabacaria, na madrugada desta sexta-feira (6), no bairro Campo de Santana, em Curitiba. O suspeito foi atingido e morreu dentro do banheiro do local. A informação repassada pela polícia é que ele tinha cometido o assalto há poucas horas. Outros dois foram presos.

O motorista do aplicativo contou que foi rendido pelos assaltantes e obrigado a trafegar pela região. Na rua Júlio Pereira Sobrinho, os suspeitos ordenaram que o motorista os deixassem em uma tabacaria, depois do assalto.

 

 

O tenente Johanes da Rone disse que um dos suspeitos foi até o banheiro da tabacaria e passou a atirar contra a equipe. “Por meio do 190, soubemos que um motorista de aplicativo tinha sido roubado e informou onde estariam os indivíduos. Fomos até lá e, durante a abordagem, um deles não acatou a voz de abordagem e efetuou disparos contra a equipe policial, que prontamente revidou“, descreveu.

Uma ambulância do Siate chegou a ir até o local, mas ele não resistiu. Junto dele, policiais apreenderam um revólver calibre 38. Outros dois comparsas foram reconhecidos pelo motorista do aplicativo e presos em flagrante.