(Fotos: Flávia Barros – Banda B)

 

Um jovem de 24 anos foi preso no último sábado (9) suspeito de integrar uma quadrilha especializada em roubos de relógios de luxo, avaliados entre R$ 30 mil e R$ 150 mil. Ele foi abordado em uma motocicleta, no bairro Batel, em Curitiba, com um revólver calibre 32 na cintura.

Segundo o delegado Marcelo Magalhães, da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), o rapaz abordava as vítimas no trânsito. “Ele escolhia carros de luxo e, quando os veículos paravam no semáforo ou seguiam pela rua, ele anunciava o assalto e pedia apenas o relógio. Ele não queria dinheiro, nem celular”, relatou em entrevista à Banda B.

O delegado ainda afirmou que o homem sabia exatamente quais produtos roubar. Ele olhava pelo vidro do automóvel se a pessoa usava relógio, e avaliava marca e modelo. “Ele usava de violência e grave ameaça. Esse é um crime que, se a vítima reage, certamente o criminoso vai atirar. Por isso, a nossa orientação é entregar o que o assaltante quer e chamar a polícia”, completou.

De acordo com Magalhães, o jovem agia principalmente no Batel e, em algumas ocasiões, no Bigorrilho. “Depois de preso, ele admitiu o crime e confessou que planejava um novo assalto. Nós fomos até o endereço dele, no Umbará, e encontramos um Rolex, roubado há duas semanas”.

A Polícia Civil agora continua a investigar o caso para identificar os possíveis comparsas do criminoso. Ele foi encaminhado à DFR e autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. O rapaz deve responder também por roubo agravado e, se a participação de outras pessoas nos crimes for comprovada, por associação criminosa.

Vídeo

Assista abaixo a um vídeo divulgado pela Polícia Civil que mostra a ação do homem: